Tamanho da barriga e semana de gestação tem relação?

A bariga de grávida é um dos orgulhos das grávidas. Mas muitas vezes, essa mesma bariga pode ser uma preocupação. Qual tamanho minha barriga deveria ter agora? Será que o tamanho da minha barriga está fora dos padrões? Será que tem algo de errado com o meu bebê se minha barriga é pequena demais? Mas não se preocupe, nós reunimos todas as informações que você estava procurando e muito mais!

Tamanho da barriga e a sua importância

Na verdade o importante não é o tamanho da barriga, mas sim a Altura Uterina, que é medida em consultas com o obstetra. “Mas qual a importância dessa medida?” você deve estar se perguntando. Pois bem, medir a Altura Uterina é uma forma rápida e eficaz de acompanhar o desenvolvimento do bebê. E segundo o Manual Técnico de Assistência Pré-natal, desenvolvido pelo Ministério da Saúde, a medição da Altura Uterina tem como objetivo:

  • Identificar o crescimento do bebê, ou seja, se está dentro do esperado e detectar, caso haja, desvios;
  • Diagnosticar as causas do desvio de crescimento fetal
    encontrado e orientar oportunamente para as condutas
    adequadas a cada caso

A medição da Altura Uterina, porém, não é a única forma de se acompanhar o desenvolvimento do bebê. O ultrassom também é muito usado para este fim.

Ter barriga pequena é sinal de problemas na gestação?

Respondendo de forma rápida e simples, ter uma barriga pequena não é um problema. E isto se dá graça a peculiaridade de cada mulher e seu corpo, da mesma forma o tamanho barriga também é único. Claro que exitem casos e casos, e justamente por isso que é importante ter o acompanhamento do médico obstetra. Ou seja, nem todas as barrigas pequenas são provas de que exista algo de errado com a gravidez, da mesma forma que ter uma barriga com o tamanho esperado é garantia de uma gestação tranquila. Mas, claro, existem problemas que podem ser identificados com a falta de crescimento da barriga, como é o caso em que o bebê não está conseguindo crescer como deveria.

Quais fatores interferem no tamanho da barriga?

Existem muitos fatores que interferem no tamanho da barriga de uma gestante. Em resumo, porém, pode-se dizer que em sua maioria depende do biotipo da mulher. O que é o biotipo? Biotipo são todas as características físicas de uma pessoa, ou seja, sua altura, peso e etc. Se uma pessoa é alta por exemplo, a barriga pode não crescer muito. Um outro fator muito comum, e determinante para o crescimento da barriga, é a posição do útero. Como este órgão não é fixo, é possível, em muitos casos, que ele permaneça em uma posição em que a barriga não cresça muito.

Qual o tamanho ideal da barriga de acordo com a semana gestacional?

Como cada mulher é diferente da outra, não existe um padrão ou um ideal, existe um intervalo de Altura Uterina por semana gestacional. E para te ajudar a entender melhor sobre isso, aqui está um gráfico da Curva da Altura Uterina de uma pesquisa brasileira feita em 2006. Os números na lateral são os números de AU (Altura Uterina) e os números de baixo são IG, que basicamente são as semanas de gestação. Cruze os dois números e faça um ponto onde eles se encontram. Se estiver entre a P10 e P90, então está em uma margem normal. Tente fazer!

Curva altura uterina

Quais cuidados ter com o crescimento da barriga?

O ganho de peso é importante para o desenvolvimento do bebê, mas o ganho excessivo pode trazer problemas como: mais dor nas costas e nas articulações, prisão de ventre e etc. Por isso, o ganho de gordura e peso, que são essenciais para o bebê, precisam ser feito de maneira equilibrada e sem excesso. “Mas como fazer isso?” você deve estar se perguntando. A melhor forma de se ter um ganho de peso equilibrado é com acompanhamento profissional. Busque orientações com um nutricionista e seu obstetra. Fazer exercícios físicos também é uma ótima opção.

Posso fazer dieta durante a gestação?

A resposta é uma grande “não”. Durante a gestação a mãe deve ingerir todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento do bebê. Desta forma, adotar uma alimentação restritiva, a dieta, não é bom. O que você pode fazer é ter uma alimentação saudável, pois, assim, você consegue “enviar” todos os nutrientes que o seu filho precisa “receber” e não ganha peso excessivamente. Da mesma forma, não é saudável comer tudo o que se tem vontade. Na gestação é muito comum grávidas terem desejos de alimentos hiper-calóricos, entretanto, nem sempre é uma boa ideia ceder a esses desejos. Assim como em todos os outros momentos da vida, durante a gravidez também é recomendado ter uma vida de equilíbrio.

Quanto peso eu devo ganhar durante a gestação?

Como já foi dito antes, não existe um padrão único, tudo depende do seu biotipo e tantos outros fatores. Mas é possível dar uma estimativa média baseada no seu IMC (Índice de Massa Corpórea). Para calcular o seu IMC é simples: divida o seu peso pelo valor da sua altura ao quadrado (multiplicar o valor por ele mesmo). Um exemplo:

Peso = 65

Altura = 1,70

Cálculo: 65 ÷ 1,70 x 1,70

IMC: 22,8

A doutor Juliana fez a seguinte divisão com suas respectivas recomendações de ganho de peso:

 

  • IMC menor do que 18,5: ganho ideal é de 13 a 18 kg;
  • IMC entre 18,5 e 25: ganho ideal é de 11,5 a 16 kg;
  • IMC entre 25 e 30: ganho ideal é de 7 a 11,5 kg;
  • IMC acima de 30: ganho ideal é de 5 a 9 kg.

Mas lembre-se sempre que cada caso é um caso, por isso sempre você deve sempre se consultar com seu médico obstetra e se possível com outros especialistas também, não só durante a gravidez, mas durante toda a vida.

 

Gostou deste texto? Compartilhe com a sua amiga que está preocupada com o crescimento da barriga de grávida! E você? Como foi o crescimento da sua barriguinha de grávida? Conta pra gente e ajude mamães que estão vivendo experiências parecidas!

Loja Lá Vem Bebê

Logo Lá Vem Bebê