dor de dente na gravidez

Dor de dente na gravidez, o que fazer?

Dor de dente é uma coisa que incomoda muito, não é mesmo? Na gravidez então deve ser insuportável! E é pior ainda por que durante a gestação não se pode tomar qualquer remédio para aliviar a dor… Mas não se preocupe! Neste texto nós vamos te ajudar a entender porquê você pode ter dor de dente na gravidez e dar dicas de como aliviar a dor de dente durante a gestação!

Sensibilidade nos dentes durante a gravidez

A gravidez é muito conhecida por, em alguns casos, apresentar sintomas peculiares. Um deles é a sensibilidade nos dentes. E esta sensibilidade, que muito provavelmente é causada pelas alteração hormonal durante a gestação, pode fazer com que você sinta dor. Segundo um artigo da Revista Brasileira de Odontologia, 22% das gestantes entrevistadas relataram sensibilidade enquanto escovavam os dentes e 24% apresentou inchaço na gengiva. Ou seja, não é um sintoma tão frequente, mas existe e pode acarretar em algumas complicações.

Não tenha medo de ir ao dentista!

Antes de mais nada, é importante ressaltar que se a dor que você sente for persistente e muito incômoda, você deve ir ao dentista. Muitas grávidas têm receio de ir ao dentista durante a gestação, mas você não precisa ter medo, o existem muitos dentistas capacitados a atender gestantes e oferecer tratamentos que não vão afetar o seu bebê. Já que seus hábitos alimentares mudam durante a gravidez, tanto por conta das náuseas ou alteração na salivação, o aparecimento de cáries e outros problemas bucais. O ideal período ideal para se fazer uma visita ao dentista é no segundo trimestre da gravidez, mas em casos em que exista a necessidade de tratamento imediato, a consulta é muito mais do que recomendada. E nestas consultas você já pode tirar dúvidas sobre a saúde bucal do seu bebê e possíveis problemas bucais que ele pode apresentar.

O que pode causar dor de dente?

Existem muitos os outros tipos de dores, a dor de dente também pode ter vários motivos. Mas existem alguns que são mais comuns durante a gestação e nós listamos eles para você:

  • Gengivite: esta é uma patologia bem comum em grávidas, mas é importante ressaltar que gravidez não faz gengivite aparecer. O que acontece mesmo é que por conta das mudanças hormonais e vasculares. E estas mudanças pioram uma inflamação que já existia antes. Se não tratado, corre-se o risco da gengivite evoluir para um granuloma gravídico, que é uma ferida na gengiva.
  • Periodontite: ela também é uma inflamação do periodonto, que é toda a estrutura de fixação do dente na boca. Este tipo de inflamação é perigosa por aumentar o risco de complicações na gestação.
  • Cárie: As gestantes podem desenvolver mais cáries por diversas questões. Dentre elas as mudanças alimentares, aumentando o consumo de alimentos com muito açúcar e a negligência com a saúde bucal. Além, é claro, de uma possível alteração na produção de saliva. Juntando todos estes fatores, a gestante acaba se tornando mais vulnerável ao aparecimento de cáries.
  • Dentes sensíveis: Como já foi dito antes, a sensibilidade nos dentes pode aumentar durante a gravidez. Isso se dá graças aos vômitos frequentes que acabam corroendo o dente, tornando-os mais sensíveis.

Como aliviar a dor de dente na gravidez?

Explicado o porquê de muitas vezes nós sentirmos dor de dente, vamos para a parte prática! Como aliviar a dor de dente na gestação? Fizemos uma lista para te ajudar:

  • Use pasta  e escova de dente para dentes sensíveis: Como uma das causas para a dor é o aumento da sensibilidade dos dentes, uma ótima saída é usar produtos para dentes sensíveis.
  • Evite alimentos muito quentes, muito frios ou muito doces: Com dentes sensíveis é evitar alimentos deste tipo, pois eles geralmente causam dor ou desconforto.
  • Coloque gelo: Uma forma de aliviar a dor sem o uso de remédios é o gelo. Coloque o gelo em um pano e comprima-o no rosto.
  • Bochechos com água morna de sal: O sal tem ação antibactericida, o que pode ajudar a aliviar a inflamação, caso exista alguma. E a água morna é para não “atacar” os dentes sensíveis.
  • Tome analgésico: Como nem todos os medicamentos são recomendáveis para gestantes, consulte sempre o seu médico obstetra ou dentista. Eles são profissionais capacitados para te atender e recomendar o melhor analgésico.

Quais problemas bucais podem afetar o bebê?

Muitas gestantes podem não saber, mas a sua saúde bucal pode sim prejudicar seu bebê. Segundo a Cartilha da Gestante: Cuidados com a saúde bucal, desenvolvida pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, vários problemas são possíveis. Como por exemplo o parto prematuro, pois muitas bactérias que causam problemas bucais estão relacionadas ao aceleramento do trabalho de parto. E mesmo depois do parto é possível transmitir bactérias para o recém-nascido.

Como prevenir a dor de dente na gravidez?

Talvez você não sinta dor de dente, mas está com medo de que sua saúde bucal possa prejudicar o seu filho. A UNA-SUS, Universidade Aberta do Sistema Único de Saúde, produziu um material informativo sobre a saúde bucal da gestante. E neste material existe uma sessão sobre cuidados bucais divididos trimestralmente. Aqui está um pequeno resumo do que você pode encontrar nele:

  • Antes de ir a uma consulta no dentista, se alimente e se hidrate bem, já que a hipoglicemia pode causar desmaios.
  • Evite alimentos que podem facilitar o surgimento de cáries.
  • Não escove os dentes após vomitar. Por causa dos sucos gástricos, os seus dentes ficam mais sensíveis à escovação, por isso prefira bochechos com água de bicarbonato.
  • Escove muito bem os dentes, use fio dental e usar enxaguante bucal também é uma boa ideia.

Para finalizar, é sempre bom lembrar que acompanhamento odontológico é importante em todos os períodos da vida, inclusive durante a gravidez. A saúde da sua boca importa tanto quanto a saúde de outras partes do seu corpo!

Gostou deste texto? Compartilhe ele com a sua amiga gestante está com uma dor de dente insuportável! E você? Também teve dor de dente durante a gravidez? Conhece alguém que sofreu desse mal? Conte pra gente aqui nos comentários e ajude outras mamães com este mesmo problema!